SILVA PRADO

4 04 2009

66623993





3 04 2009




Lista de livros para USP e Unicamp

3 04 2009
julia-livros_1024x768
A Fuvest, organizadora do vestibular da USP (Universidade de São Paulo), e a Comvest, que responsável pelo processo seletivo da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), divulgaram a lista conjunta de livros para seus respectivos exames de 2010.
Três obras (as primeiras da lista) são as novidades.
Segue a relação:
“O Cortiço” , de Aluísio Azevedo
“Capitães da Areia” , de Jorge Amado
“Antologia Poética” (com base na 2ª edição aumentada), de Vinicius de Moraes
“Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente;
“Memórias de um Sargento de Milícias” , de Manuel Antônio de Almeida;
“Iracema” , de José de Alencar;
“Dom Casmurro” , de Machado de Assis;
“A Cidade e as Serras” , de Eça de Queirós;
“Vidas Secas” , de Graciliano Ramos.
A lista dos livros foi unificada pela Fuvest e Comvest no vestibular de 2007, 20 anos após a separação dos processos seletivos da Unicamp e da USP. A relação vale também para a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e para a Academia de Polícia Militar do Barro Branco, que selecionam seus candidatos à graduação juntamente com a USP, e para a Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), que integra o Vestibular Unicamp.




Escola Pública no Japão x Escola Pública no Brasil

5 01 2009





PROFESSOR ESTRESSADO

5 01 2009




QUADRINHOS…

7 11 2008

prancha2





CORRUPÇÃO!

7 11 2008

dp_charge_25_05_2007_72





A PARTICIPAÇÃO DA JUVENTUDE NA POLITICA

7 11 2008

jovem-e-politica
Jovens, devem estar ciente dos acontecimentos políticos em suas localidades (Municípios) em que vivem, bem como fazer um chamamento à responsabilidade de todos os jovens para que assumam de fato, e de direito, o seu lugar na condução dos destinos administrativos de seus Municípios.

Já não é mais aceitável que nossos adolescentes inteligentes, dinâmicos e criativos fiquem relegados a planos secundários ou totalmente ignorados nos programas e projetos administrativos dos Municípios.

Jovem, é chegada à hora de se fazer uma política onde a juventude seja de fato a prioridade em uma administração.

Você jovem é a alavanca necessária para dar o inicio, uma revolução administrativa, onde a participação do cidadão é fundamental para, com a transparência necessária de todos os atos administrativos, mostrar que apesar da carência de recursos, pode muito bem, propiciar a todos os segmentos da sociedade uma perspectiva de vida superior a que ofereceram, se é que ofereceram alguma coisa.

Jovem, você já parou para pensar nesta pergunta: “Quando algum jovem foi chamado para ser um co-autor na condução dos destinos de seu Município?

Veja bem, todas as lideranças emergentes, cidadãos jovens, dinâmicos, competentes preparados cultural e intectualmente, são desprezados de qualquer possibilidade de serem co-gestores de uma administração.

Os jovens precisam de espaços político administrativo, com a conquista do espaço irá propiciar a sociedade uma administração inteligente e, sobretudo voltada para o progresso. Imaginamos uma empresa, uma instituição, uma sociedade, um município ou uma nação, bem sucedidos, tendo por administradores pessoas despreparadas e, sobretudo limitadas em termos de conhecimentos? É evidente que existem as exceções, mas até quando vamos ficar fazendo experiências na busca de uma exceção que dê certo? As coisas não acontecem por acaso, é preciso ir em busca das soluções para os problemas que se apresentam. Não devem aceitar lamentações como justificativas para falta de recursos, isto porque felizmente, os Municípios podem contar com cidadãos jovens, inteligentes, competentes, preparados, para através da criatividade, da competência, superar as dificuldades de ordem conjuntural.

Jovens, não somente o jovem etário é jovem na idade, mas jovem de idéias de mentalidade, jovem na criatividade, jovem no dinamismo, jovem de espírito, enfim, que saibam valorizar as experiências positivas do passado e que tenham a honradez e a coragem de assumir os erros, fazendo destes motivos para a busca constante do acerto.

A inserção da juventude na Política é de extrema importância para renovar quadros, trazer novas idéias e construir um novo caminho. Os jovens não podem ficar omissos, tem que acreditar na força como instrumento de transformação. O Jovem seja ele de direita ou esquerda, independente da sua ideologia, do partido em que esteja não pode ficar ausente das discussões que envolvem nosso futuro.

No exercício da cidadania, a participação do jovem amplia os espaços públicos, assim acabando com o individualismo na sociedade política. O eleitor jovem deve compreender que a política faz parte do nosso dia-dia e é fundamental para sobrevivência da sociedade. Devemos aumentar a participação da juventude nos debates políticos.

“VOCÊ JOVEM É A ALAVANCA NECESSÁRIA PARA DAR O INICIO A UMA REVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA”





ADOLESCÊNCIA

26 10 2008

A adolescência é o período da vida em que ocorrem as transformações mais aparentes no corpo, devido às alterações hormonais. Inicia-se por volta dos dez ou onze anos de idade, tendo as meninas o acontecimento da primeira menstruação ou menarca, o aumento dos pelos vaginais e o crescimento dos seios. Nos meninos acontece a alteração da tonalidade da voz, o aumento dos pêlos pubianos e o crescimento do pênis, onde este passa a ter ereção e ejaculação. Segundo D’Andrea, a adolescência é dividida em três fases: a pré-puberdade, onde o desenvolvimento físico se acelera e onde busca maior proximidade com os adultos. O lado emocional é muito confuso, com oscilações de sentimentos como ódio e amor, na busca de identificar-se; a puberdade, onde se inicia por volta dos treze anos, sendo marcada pela maturidade dos órgãos reprodutores; e a pós-puberdade entre os quinze e vinte anos, fase em que deve demonstrar responsabilidades diante das cobranças do meio social, como a escolha profissional, estruturar as relações com o sexo oposto e a formação da identidade, necessitando cada vez menos da ajuda intelectual dos adultos.Normalmente os adolescentes buscam grupos de amigos que tenham os mesmos interesses, os mesmos gostos e desejos, a fim de uma identificação menos conflitante e mais amigável.Como tem gana pela liberdade, o adolescente quer conquistar o mundo, tendo a idéia de que deve ser o centro das atenções e, por isso, se veste de forma a chocar a sociedade, como forma de mostrar que pode tomar decisões sozinho.Nessa etapa da vida é comum tentar se afastar da família, pois essa já não lhes satisfaz em relação aos interesses sociais.Os pais, não aceitando essa busca da liberdade, muitas vezes tomam atitudes autoritárias, que os afastam ainda mais do grupo familiar.Outra atitude errada normalmente tida pelas mães, é o fato de não aceitar o crescimento do filho, achando que ainda é criança e tratando-o como tal. Essa atitude também o leva a afastar-se, pois nessa idade já não quer mais ser considerado criança. Numa fase de tantas transformações, é importante que conviva com a amizade familiar, onde haja muito diálogo e que os pais tentem amenizar os conflitos vividos, auxiliando o jovem a amenizar seus conflitos internos, sendo mais flexíveis e compreensivos.





POSTURA QUE DESEJAMOS DO GRÊMIO ESTUDANTIL

26 10 2008

 

 

O que leva um grupo de alunos a concorrerem às eleições do Grêmio? Quais as atitudes que um bom Grêmio deve tomar? O que é o Grêmio Estudantil? Muitas mudanças na sociedade começaram pelos Grêmios Estudantis que revolucionaram e tiveram o poder de mudar significativamente a sociedade. Mas, infelizmente, hoje, muitos alunos vêem-no como uma oportunidade de “aparecer”, pois na época da eleição apresentam-se como os ‘bonzinhos’, compreendem a todos, e prometem o possível e o impossível, dizem que vão lutar pelos interesses dos alunos, que irão promover eventos (só faltam prometer construir uma piscina na escola e comprar um computador para cada aluno!) … Na teoria é tudo muito fácil , mas na prática a história muda de figura. Então perguntamos: até quando vamos apoiar este tipo de atitude? Até quando vamos cruzar os braços e deixar as pessoas nos tratarem como verdadeiros “idiotas”, sem ao menos tentar mudar tudo isso? Sem ao menos cobrar? Isso é preocupante! Se nem na escola, que é um lugar onde aprendemos valores importantíssimos como caráter, honestidade, ética… se nem aqui as coisas funcionam como deveriam, imagina na sociedade.

O que esperar dos futuros jovens candidatos à política, se na escola tudo já começa errado! Será que nossa geração é  uma geração de cegos, surdos e mudos? Cremos que ainda não chegamos a esse ponto, quer dizer, isso é o que esperamos. Nós depositamos nosso voto de confiança no atual Grêmio, por isso temos o direito de cobrar atitudes e explicações.

Queremos um Grêmio Estudantil que se constitua de uma representação legítima e democrática dos estudantes, um Grêmio que colabore na construção da comunidade escolar, como elo entre os alunos e o corpo docente; que, junto com a direção da Unidade de Ensino e professores, busque as mudanças necessárias para a educação nesta Escola; que apresente propostas e sugestões concretas para minimizar os problemas da escola e da comunidade na qual estamos inseridos; que desenvolva o espírito de solidariedade e cooperação entre os estudantes e a escola;
que promova atividades recreativas, culturais, desportivas, literárias e educacionais, estimulando a união de toda a classe estudantil; que crie mecanismos que possibilitem incentivar, desenvolver e estimular o estudante em sua vida educacional, social e profissional. E, sobretudo, que possa unir a classe, tornando-a mais participativa e consciente de seus direitos e deveres.

Aqui vai o nosso recado: queremos atitudes e explicações e, principalmente, postura de um verdadeiro Grêmio, afinal de contas, nós depositamos neles nosso voto de confiança, o ano já esta quase acabando e até agora não há sinais de ações do Grêmio desta escola, para falar a verdade, nem parece  que a Nossa Escola possui um

Grêmio Estudantil!

                                               





Pérolas do ENEM!!!

26 10 2008


14 de Fevereiro de 20081- O vento é uma imensa quantidade de ar.


(Não tinha pensado nisso… )
 

 

2- O terremoto é um pequeno movimento de terras não cultivadas.


(Só faltou completar que esse movimento é um braço armado do MST!)
3- A arte funerária foi desenvolvida para que os mortos pudessem viver melhor.


(Nada mais justo. Não dá para viver a eternidade desconfortavelmente…)
4- O petróleo apareceu há muitos séculos, numa época em que os peixes se afogavam dentro d’água.


(Sim, por isto o Petróleo é preto. Está de luto…)
5- A principal função da raiz é se enterrar.


(Profunda!!! )
6- O sol nos dá luz, calor e turistas.


(Esse com certeza é cearense ou baiano. )
7- O nervo ótico transmite idéias luminosas ao cérebro.


(Se o cara é cego, o nervo dele deve transmitir idéias escuras, sombreadas..)
8- O coração é o único órgão que não deixa de funcionar 24 horas por dia.
(Ufa… que alívio!)
9- Quando um animal irracional não tem água para beber, só sobrevive se for empalhado. (Superou…)

 

10- A insônia consiste em dormir ao contrário.


(Perfeito. Morrer deve ser viver ao contrário…)
11- A arquitetura gótica se notabilizou por fazer edifícios verticais.


(Melhor pular essa…. )
12- O Chile é um país muito alto e magro.


(Coitada da Espanha…)
13- O batismo é uma espécie de detergente do pecado original.


(Já a confissão poderia ser o sabonete, para uso diário… )
14- As plantas se distinguem dos animais por só respirarem a noite.


(Que perspicácia! )
15- A fé é uma graça através da qual podemos ver o que não vemos.


(CEGOS DESSE MUNDÃO…TENHAM FÉ!!!)
16- Os estuários e os deltas foram os primitivos habitantes da Mesopotâmia.


(O que que é isso???!!!!!)
17- O calor é a quantidade de calorias armazenadas numa unidade de tempo.


(Fala sério… Não dá uma sensação de vazio, de impotência?…)
18- Antes de ser criada a Justiça, todo mundo era injusto.
(Graças a Deus, acabou. )

 





MESTRES QUE INSPIRAM!

26 10 2008

Professor não é o que ensina, mas o que desperta no aluno a vontade de aprender.

Professor não é o que ensina, mas o que desperta no aluno a vontade de aprender. 

Na escola há professores e professores. Infelizmente, vivemos em uma sociedade onde a educação é tratada como lixo e, conseqüentemente, os professores e alunos também. Muitos professores acabam desistindo de ensinar, acabam vindo para a escola apenas para ganhar dinheiro; isso quando não faltam várias vezes na semana. Revoltados com a educação, acabam, sem intenção, descontando tudo no aluno. Desanimados e frustrados, dizem que estão cansados “de dar murro em ponta de faca” e com isso fingem que ensinam e nós alunos fingimos que aprendemos! Porém, a culpa não é só dos professores, existe uma série de fatores ligados a tudo isso, como por exemplo: a falta de interesse e respeito dos alunos, a falta de recursos e valorização, o descaso do governo, o baixo salário e muito mais.

Junto a esses professores, que desistiram dos alunos, deixando-nos à mercê da sorte, existem raríssimos professores, brilhantes, que nos inspiraram, nos ajudam a descobrir nossos talentos, a desenvolver múltiplas inteligências, a trabalhar habilidades técnicas e também comportamentais e valorativas. Eles nos mostram os caminhos que devemos seguir e nos ensinam que, apesar de tudo, vale a pena seguir em frente. Por isso, afirmamos, sem medo de errar, que esses raros professores fazem esta escola melhorar cada dia mais e mais.

Uma hora ou outra “a ficha acaba caindo” e a gente acaba percebendo que existem profissionais “brincando” de ser professor, como conseqüência surge um certo desespero, começamos a pensar: “O que será de nós lá fora? Se a gente não tem uma boa base?” Nesta hora dá vontade de jogar tudo para o alto e parar de tentar. Mas, é justamente nessa hora que surge a figura do mestre, motivando e mostrando-nos que se a gente realmente der o nosso melhor, tudo vai dar certo. São eles que nos dão entusiasmo para levantar todos os dias e vir para escola. 

 

 

 

 

 




O que está acontecendo Silva Prado?

1 03 2010

Com certeza, todos os moradores de Jacareí já ouviram falar em nossa Escola, a E.E. “Dr. Francisco Gomes da Silva Prado”, mais conhecida por CENE, em razão de sua tradição educativa. Por aqui já passaram muitos ilustres cidadãos que, hoje, são respeitados doutores, cientistas, políticos, engenheiros, arquitetos, esportistas, padres, pastores, artistas renomados e até diplomata, todos com reconhecimento nacional e internacional. Por essa tradição e, sobretudo, pelo afeto incondicional por esta Instituição de Ensino, vimos a público esclarecer alguns equívocos que têm denegrido a imagem desta Querida Escola.
Para que toda a população seja informada, antes de julgar pela aparência ou por comentários maldosos, apresentamos o que de bom existe aqui no Silva Prado:
1. Professores altamente preparados, todos efetivos, em sua maioria, com grande experiência de sala de aula – graduados, pós-graduados, mestres e uma doutora, o que comprova a tradição e qualificação no ensino público de Jacareí.
2. Além desse corpo docente capacitado, contamos ainda com a orientação jurídica de um advogado, a orientação de uma psicóloga para casos especiais com os alunos, a consultoria de dois engenheiros, todos profissionais que compõem o corpo docente desta Escola.
3. Amplo espaço físico, com salas adequadas e arejadas para os alunos, pois o prédio é de construção antiga, construído para funcionar sempre como Escola, quadra esportiva coberta; vasto material pedagógico disponível para os professores e alunos; biblioteca com acervo histórico, mas também atualizado e profissional específico para o atendimento nos três períodos; laboratório de informática, recém reformado para atendimento comunitário, com monitores nos três períodos, alunos da própria Escola, concursados e treinados; laboratório de Ciências da Natureza, para as aulas de Ciências, Química, Física e Biologia, necessitando apenas ser reativado, visto que atualmente está ocupado com materiais da Diretoria de Ensino.
4. Um magnífico teatro que, mesmo necessitando de reformas, tem sido utilizado para eventos com os alunos durante todo o ano letivo para Projetos Especiais, Reunião de Pais e atendimento a eventos especiais da comunidade, inclusive para processos de Atribuição de Aulas da Diretoria de Ensino.
5. A organização da Escola para o combate à Gripe A-H1N1 até o final das aulas – com álcool antisséptico, copos descartáveis para todos os alunos, professores e funcionários.
6. Aprovação de alunos no exame para a Escola da Embraer, nos vestibulares da região, em cursos variados, com boa classificação e direito a bolsas de estudos do PROUNI.
7. Melhora de rendimento nas provas externas, como SARESP e ENEM/ 2008.
8. Promoção de horários diferenciados de intervalo para os alunos do 6º. ano do Ensino Fundamental.
9. Apresentação, desenvolvimento e execução, com sucesso, de Projetos Pedagógicos com os alunos, tais como: Viva Japão, Cinema na Escola, Prevenção também se Ensina, Trem da História, Diálogos Pedagógicos, Sala de Leitura, Visita a museus e exposições. Os alunos aprendem participando e fazendo, além da sala de aula, como orienta os Parâmetros Curriculares Nacionais e a Nova Proposta da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.
10. Apresentações primorosas dos alunos-atletas que muito têm honrado o nome da nossa Escola com suas vitórias locais, regionais e estaduais.
11. Equipe de Coordenação empenhada no atendimento pedagógico aos professores, alunos e pais.
Completando isso tudo de bom, já exposto, há proximidade com a Diretoria de Ensino, em razão da facilidade de acesso, com a sede do Conselho Tutelar, para casos especiais, a uma quadra da Escola e o apoio da Polícia Militar, sempre que necessário. Não esquecendo de que é uma Escola Central, com acesso a, praticamente, todas as linhas de ônibus municipais e intermunicipais.
Por esses e tantos outros motivos, esclarecemos a todos que “nem tudo o dizem é passível de crença”. Temos problemas sim, mas quem não os tem? Por isso, a cada dia, com perseverança e trabalho sério, tentamos saná-los, sem esquecermos jamais do respeito humano, em especial para com os nossos alunos e familiares.
Diante deste quadro, aproveitamos também para apresentarmos uma questão: POR QUE TRANSFORMAR GRANDE PARTE DO ESPAÇO EDUCACIONAL DESTA TRADICIONAL ESCOLA DE JACAREÍ EM SALAS PARA TRABALHOS BUROCRÁTICOS, SEM RESPEITAR OS PRINCIPAIS PROTAGONISTAS DO PROCESSO EDUCATIVO: ALUNOS, PROFESSORES E COMUNIDADE?

Comissão Pró Silva Prado





25/08

28 08 2009

No dia 28 de Agostos os alunos da Escola Estadual Dr. Francisco Gomes da Silva Prado mostraram todo o seu conhecimento na 5ª Olimpiada Brasileira de Matemática.
A realização da olimpíada atende os objetivos de incentivar o ensino de matemática e de descobrir talentos entre estudantes das redes públicas que estão nos anos finais do ensino fundamental e em todo o ensino médio.

A competição reuniu alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.Nessa primeira etapa, as provas foram aplicadas e corrigidas pelos professores em suas turmas. Depois, cada escola escolherá 5% das melhores provas e enviará os cartões-resposta ao Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa).

Os estudantes selecionados participarão da segunda fase, em 24 de outubro, quando as provas serão aplicadas e corrigidas por professores indicados pelo Impa. Desse grupo de estudantes, sairão os ganhadores das medalhas de ouro, prata e bronze da olimpíada. Além das medalhas, os vencedores receberão bolsas de iniciação científica júnior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A divulgação dos resultados finais está prevista para 11 de dezembro.

A 5ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2009) é uma promoção do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência e Tecnologia, em parceria com o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e com a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), responsáveis pela Direção Acadêmica.





4 04 2009

img_0126





ANTENADOS

4 04 2009

antenados-novo