Piercing: Os perigos da vaidade

26 10 2008

Colocar um piercing na língua esconde sérios perigos: aumenta o risco de infecções crônicas e de câncer. Ao fazer biópsia em 60 pessoas que usavam piercing havia pelo menos dois anos, a equipe do dentista Artur Cerri, da Faculdade de Odontologia da Universidade de Santo Amaro (Unisa), constatou que 40% apresentavam inflamação crônica acentuada na porção da língua em que ficava o adorno.

Do total de voluntários, 12 tinham lesões em estágio mais avançado, com perda da camada de células que recobre a língua e exposição dos tecidos mais profundos. “Em ambos os casos, as lesões podem desaparecer após a retirada do piercing ou podem se transformar em tumor benigno e até maligno”, explica Cerri. “O risco de câncer aumenta mais ainda para quem fuma ou bebe”, completa. O estudo, feito em colaboração com Plínio Santos, do Departamento de Patologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), detectou três casos em que os pacientes tinham lesões pré-cancerosas – em outras palavras, que poderiam virar câncer a qualquer momento. Segundo Cerri, a movimentação do adorno metálico na língua é a causa das alterações celulares que podem originar o tumor. “Como as lesões são microscópicas, pode levar muito tempo para que sejam detectáveis a olho nu”.

Anúncios




APRENDER A ESTUDAR PODE SER UM DIFERENCIAL NA FASE VESTIBULANDA

26 10 2008

O ano que antecede os exames vestibulares é, normalmente, carregado de aflições, dúvidas e ansiedades. É a época em que temos de decidir a carreira de nossa vida, com tão pouco conhecimento acerca do mercado de trabalho. Por isso, o primeiro passo deve estar associado à escolha da profissão: procure conhecer as atividades que desenvolve com maior desenvoltura, as tarefas que lhe proporcionam prazer e as disciplinas com que mais se identifica. Esse exercício de autoconhecimento é essencial para a construção do perfil profissional. Não ingresse em uma carreira exclusivamente pelo retorno financeiro ou para satisfazer os sonhos dos familiares; lembre-se de que, após a faculdade, você passará no mínimo oito horas diárias desempenhando a profissão escolhida na época do vestibular. A satisfação profissional é motivada, sobretudo, pela realização prazerosa de um trabalho.

Outro aspecto relevante é a metodologia de estudo. O vestibulando bem sucedido não é aquele que estuda com quantidade, mas sim com qualidade. Estabeleça horários de estudo em casa, como os que você tem no curso, organizados por limites de disciplinas e de tempo, não excedendo a quatro horas diárias. Assista às aulas com muita atenção, pois os professores direcionam a exposição dos conteúdos de forma concisa e adequada aos programas vestibulares; já em casa, destine a maior parte de seu tempo à resolução de exercícios. Lembre-se de que você realmente estará preparado para fazer prova, se for capaz de interpretar bem os enunciados elaborados e transpor, em provas discursivas, de forma objetiva e coerente, o conteúdo exigido nas questões propostas. Todavia, respeite as suas limitações: o tempo de sono e a boa alimentação devem ser preservados. O descanso e o lazer são fundamentais para ajudar a manter o padrão de estudos necessário à fase vestibulanda.

Segurança na escolha profissional, metodologia e disciplina são essenciais para que possamos ultrapassar o percurso do vestibular sem estresses e excessos. Esta é apenas a primeira etapa de uma longa carreira que se aproxima. Então viva e aproveite-a sem conflitos: o vestibular é apenas o caminho para alcançar a sua profissão; não dê a ele mais importância do que realmente tem. O equilíbrio é o segredo do sucesso.





A GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

26 10 2008

 

A gravidez precoce está se tornando cada vez mais comum na sociedade contemporânea, pois os adolescentes estão iniciando a vida sexual mais cedo.A gravidez na adolescência envolve muito mais do que problemas físicos, pois há também problemas emocionais, sociais, entre outros. Uma jovem de 14 anos, por exemplo, não está preparada para cuidar de um bebê, muito menos de uma família. Com isso, entramos em outra polêmica, o de mães solteiras, por serem muito jovens os rapazes e as moças não assumem um compromisso sério e na maioria dos casos quando surge a gravidez um dos dois abandona a relação sem se importar com as conseqüências. Por isso o número de mães jovens e solteirasvem crescendo consideravelmente.É muito importante que haja diálogo entre os pais, os professores e os próprios adolescentes, como forma de esclarecimento e informação.Mas o que acontece é que muitos pais acham constrangedor ter um diálogo aberto com seus filhos, essa falta de diálogo gera jovens mal instruídos que iniciam a vida sexual sem o mínimo de conhecimento. Alguns especialistas afirmam que quando o jovem tem um bom diálogo com os pais, quando a escola promove explicações sobre como se prevenir, o tempo certo em que o corpo está pronto para ter relações e gerar um filho, há uma baixa probabilidade de gravidez precoce e um pequeno índice de doenças sexualmente transmissíveis.O prazer momentâneo que os jovens sentem durante a relação sexual transforma-se em uma situação desconfortável quando descobrem a gravidez.É importante que quando diagnosticada a gravidez a adolescente comece o pré-natal, receba o apoio da família, em especial dos pais, tenha auxílio de um profissional da área de psicologia para trabalhar o emocional dessa adolescente. Dessa forma, ela terá uma gravidez tranqüila, terá perspectivas mais positivas em relação a ser mãe, pois muitas entram em depressão por achar que a gravidez significa o fim de sua vida e de sua liberdade. 

Por Eliene Percília
Equipe Brasil Escola





ADOLESCÊNCIA

26 10 2008

A adolescência é o período da vida em que ocorrem as transformações mais aparentes no corpo, devido às alterações hormonais. Inicia-se por volta dos dez ou onze anos de idade, tendo as meninas o acontecimento da primeira menstruação ou menarca, o aumento dos pelos vaginais e o crescimento dos seios. Nos meninos acontece a alteração da tonalidade da voz, o aumento dos pêlos pubianos e o crescimento do pênis, onde este passa a ter ereção e ejaculação. Segundo D’Andrea, a adolescência é dividida em três fases: a pré-puberdade, onde o desenvolvimento físico se acelera e onde busca maior proximidade com os adultos. O lado emocional é muito confuso, com oscilações de sentimentos como ódio e amor, na busca de identificar-se; a puberdade, onde se inicia por volta dos treze anos, sendo marcada pela maturidade dos órgãos reprodutores; e a pós-puberdade entre os quinze e vinte anos, fase em que deve demonstrar responsabilidades diante das cobranças do meio social, como a escolha profissional, estruturar as relações com o sexo oposto e a formação da identidade, necessitando cada vez menos da ajuda intelectual dos adultos.Normalmente os adolescentes buscam grupos de amigos que tenham os mesmos interesses, os mesmos gostos e desejos, a fim de uma identificação menos conflitante e mais amigável.Como tem gana pela liberdade, o adolescente quer conquistar o mundo, tendo a idéia de que deve ser o centro das atenções e, por isso, se veste de forma a chocar a sociedade, como forma de mostrar que pode tomar decisões sozinho.Nessa etapa da vida é comum tentar se afastar da família, pois essa já não lhes satisfaz em relação aos interesses sociais.Os pais, não aceitando essa busca da liberdade, muitas vezes tomam atitudes autoritárias, que os afastam ainda mais do grupo familiar.Outra atitude errada normalmente tida pelas mães, é o fato de não aceitar o crescimento do filho, achando que ainda é criança e tratando-o como tal. Essa atitude também o leva a afastar-se, pois nessa idade já não quer mais ser considerado criança. Numa fase de tantas transformações, é importante que conviva com a amizade familiar, onde haja muito diálogo e que os pais tentem amenizar os conflitos vividos, auxiliando o jovem a amenizar seus conflitos internos, sendo mais flexíveis e compreensivos.





PARA REFLETIR

26 10 2008
Se estas fotos lhe incomodam, se lhe faz refletir. Se não conseque entender o porque do mundo estar assim....Eu também não sei o porque, mas sei que se nada fizermos isso só piorará. Não se compadeça apenas... Mas AJUDE. Deus conta contigo, eu conto contigo, todos estes que passam fome contam contigo... Faça sua parte. Se hoje não vê grandes motivos para viver, sente um enorme vazio, poderá descobrir na caridade o tudo que faltava na sua vida.

Se estas fotos lhe incomodam, se lhe faz refletir. Se não conseque entender o porque do mundo estar assim....Eu também não sei o porque, mas sei que se nada fizermos isso só piorará. Não se compadeça apenas... Mas AJUDE. Deus conta contigo, eu conto contigo, todos estes que passam fome contam contigo... Faça sua parte. Se hoje não vê grandes motivos para viver, sente um enorme vazio, poderá descobrir na caridade o tudo que faltava na sua vida.

E vivemos reclamamos do nosso salário....e de nossa condição de vida.

E vivemos reclamamos do nosso salário....e de nossa condição de vida.

Reclamamos do nosso trasporte?

Reclamamos do nosso trasporte?





26 10 2008
Cansado dos mesmos jogos? Eles não tem NENHUMA opção...

Cansado dos mesmos jogos? Eles não tem NENHUMA opção...

A disparidade assusta...

A disparidade assusta... Não gosta de verduras? Eles nem isso têm!





26 10 2008
Acha ruim por ter ganho um Adidas ao invés de um Nike? Eles só tem esse tipo...

Acha ruim por ter ganho um Adidas ao invés de um Nike? Eles só tem esse tipo...

E ainda reclamamos do nosso trabalho?

E ainda reclamamos do nosso trabalho?

 

Não está satisfeito com a cama que tens para dormir? Eles dormem querendo não acordar...

Não está satisfeito com a cama que tens para dormir? Eles dormem querendo não acordar...