ADOLESCÊNCIA

26 10 2008

A adolescência é o período da vida em que ocorrem as transformações mais aparentes no corpo, devido às alterações hormonais. Inicia-se por volta dos dez ou onze anos de idade, tendo as meninas o acontecimento da primeira menstruação ou menarca, o aumento dos pelos vaginais e o crescimento dos seios. Nos meninos acontece a alteração da tonalidade da voz, o aumento dos pêlos pubianos e o crescimento do pênis, onde este passa a ter ereção e ejaculação. Segundo D’Andrea, a adolescência é dividida em três fases: a pré-puberdade, onde o desenvolvimento físico se acelera e onde busca maior proximidade com os adultos. O lado emocional é muito confuso, com oscilações de sentimentos como ódio e amor, na busca de identificar-se; a puberdade, onde se inicia por volta dos treze anos, sendo marcada pela maturidade dos órgãos reprodutores; e a pós-puberdade entre os quinze e vinte anos, fase em que deve demonstrar responsabilidades diante das cobranças do meio social, como a escolha profissional, estruturar as relações com o sexo oposto e a formação da identidade, necessitando cada vez menos da ajuda intelectual dos adultos.Normalmente os adolescentes buscam grupos de amigos que tenham os mesmos interesses, os mesmos gostos e desejos, a fim de uma identificação menos conflitante e mais amigável.Como tem gana pela liberdade, o adolescente quer conquistar o mundo, tendo a idéia de que deve ser o centro das atenções e, por isso, se veste de forma a chocar a sociedade, como forma de mostrar que pode tomar decisões sozinho.Nessa etapa da vida é comum tentar se afastar da família, pois essa já não lhes satisfaz em relação aos interesses sociais.Os pais, não aceitando essa busca da liberdade, muitas vezes tomam atitudes autoritárias, que os afastam ainda mais do grupo familiar.Outra atitude errada normalmente tida pelas mães, é o fato de não aceitar o crescimento do filho, achando que ainda é criança e tratando-o como tal. Essa atitude também o leva a afastar-se, pois nessa idade já não quer mais ser considerado criança. Numa fase de tantas transformações, é importante que conviva com a amizade familiar, onde haja muito diálogo e que os pais tentem amenizar os conflitos vividos, auxiliando o jovem a amenizar seus conflitos internos, sendo mais flexíveis e compreensivos.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: